COLUNAS

 
Somos uma incubadora que tem por propósito a realização e promoção de Formações, Encontros, Certificações, Workshops, Palestras e Treinamentos que preservem a ORIGINALIDADE, EXCELÊNCIA e QUALIDADE EM CONHECIMENTO!

Este site é parte integrante da Página Brincadeiras e Jogos (https://www.facebook.com/BrincadeiraseJogos) e do LAB-BRINCAR (Laboratório de Estudos e Práticas em Brincadeiras e Jogos), e liderado por Tiago Aquino (Paçoca), Cristiano Santos, Mário Pozzi e Rayane Monique!
 
foto-pacoca

A MAGIA E O SUCESSO DO EDUCADOR BRILHANTE

Por onde anda o tal sucesso? O que precisa ser realizado para eu alcançar felicidade na vida profissional e pessoal? Qual o caminho para as minhas conquistas? Esses são alguns dos questionamentos mais comuns e valiosos sobre carreira e sucesso, pois permitem que cada trabalhador possa reavaliar, readequar e reorganizar a sua carreira profissional.

Inicialmente o que gera uma carreira profissional de sucesso é o efeito acumulado em certo tempo de atitudes positivas e eficientes, gerando assim credibilidade e empregabilidade.

O Educador Brilhante assume responsabilidades pelos seus resultados atingidos, devendo agir comprometido e visualizando novas oportunidades para o sucesso. O mercado de trabalho passa por uma alta competição de talentos com infinitas opções de escolhas. E assim cada profissional deverá sempre oferecer motivos relevantes e coerentes para a sua atuação.

O Educador deverá adotar ações positivas frente a “nova educação” reconhecendo o aluno como sujeito de sua aprendizagem, capaz de interagir e estabelecer conexões com o outro e com o mundo. O educador deve ser meio de transformação na vida das crianças, sendo capaz de desenvolvê-las integralmente – social, afetivo, psíquico e físico. A nova educação passará pela relação afetiva que esse educador terá com os seus alunos, facilitando ainda mais a aprendizagem do conhecimento.

Existem ações importantes para o sucesso profissional, são elas:
- Proatividade: o profissional precisa estar antenado com a sua área de atuação. Planejar o futuro e ser capaz de antever uma oportunidade profissional são caminhos para o sucesso.
- Atualização profissional: a ação em pesquisar, estudar e organizar soluções para os problemas e desafios profissionais permite encontrar caminhos “menos” árduos para o sucesso.
- Resiliência: é a habilidade que o profissional tem de superar os obstáculos e as pressões de situações adversas no trabalho. É preciso encontrar aprendizado nos momentos de superação.
- Positividade: entende-se que as pessoas felizes têm mais capacidade de perseguir os seus objetivos e adquirir meios para alcançar o sucesso.
- Empatia: é a capacidade de se colocar no lugar das pessoas, permitindo assim refletir sobre suas ações nas tomadas de decisões.
- Altruísmo: é o conjunto de disposições que permite os seres humanos ajudarem-se e a se dedicarem aos outros, dando mais importâncias às ações coletivas do que às individualistas.
- Fazer sempre o diferente: os educadores precisam buscar soluções para as adversidades encontradas em sua rotina. Buscar novas metodologias a fim de facilitar a aprendizagem dos conhecimentos a serem adquiridos pelos alunos é um dos caminhos essenciais para a transformação educacional.
.

A felicidade profissional vem e vai, é momentânea e relativa e não existe no real. A felicidade está atrelada às nossas experiências da vida. A partir do momento que não nos perguntamos mais sobre o sentido da vida, poderemos reconhecer a felicidade pessoal e profissional!


TIAGO AQUINO (PAÇOCA)
Graduado em Educação Física – FMU. Especialista em Educação Física Escolar – FMU. Membro do LEL – Laboratório de Estudos do Lazer (LEL/DEF/IB/UNESP Rio Claro - SP) e World Leisure Organization. Presidente da ABRE – Associação Brasileira de Recreadores. Autor de 27 livros sobre Educação Física, Educação e Gestão. Diretor da Kids Move Consultoria, Entretenimento SP, Educação ao Cubo e Gestão Inbox. Consultor e Palestrante Internacional.
Site - www.professorpacoca.com.br
facebook: Tiago Aquino Paçoca (https://www.facebook.com/tiagoaquinopacoca)
instagran: tiago_pacoca
BORA BRINCAR - Foto Cris 01



BORA BRINCAR – A LEGITIMIDADE DA INFÂNCIA

Brincar é uma das formas mais comuns do comportamento humano, através do brincar aprendemos viver em sociedade. Huizinga (2007) relata que “a cultura surge em forma de jogo. Mesmo as atividades que visavam à satisfação imediata das necessidades vitais, como por exemplo, as caças tendem a assumir nas sociedades primitivas uma forma lúdica”.

Durante a infância o brincar acontece diariamente, por intermédio da brincadeira as crianças aprendem e se desenvolvem.

Silva e Gonçalves (2010) afirmam que com a prática dos jogos e das brincadeiras as crianças ampliam o conhecimento de si e do mundo que o cerca, desenvolve as múltiplas linguagens, exploram e manipulam objetos, organizam seus pensamentos, descobrem e agem com regras, assumem papel de liderança e se socializam com outras crianças.

Seguindo esse pensamento podemos dizer que o brincar é uma forma eficiente de desenvolvimento integral das crianças, pois através do brincar a criança interage e resinifica o mundo que a rodeia.

Se buscarmos em nossa memoria vamos nos lembrar de crianças brincando de casinha, dirigir e imitando animais, ou seja, reconhecendo esse mundo a qual está inserida, tudo isso porque segundo teóricos. É por intermédio desta interação que a criança vai se constituindo e desenvolvendo habilidades cognitivas, sociais, autonomia e aprendem a solucionar problemas.

REFERÊNCIAS
HUIZINGA J. Homo Ludens. 5º Edição, São Paulo. Perspectiva. 2007 pag. 53.
SILVA, T. A. C.; GONÇALVES, K. G. F. Manual de Lazer e Recreação: O Mundo lúdico ao alcance de todos. São Paulo. Phorte, 2010.


CRISTIANO DOS SANTOS
Especialista em Educação física escolar – FMU e em Psicopedagogia – UAM. Professor de Educação Infantil no Colégio Magno Mágico de Oz. Sócio proprietário da Cia Nossa Turma Recreação e Entretenimento; e do “Bora Brincar - empresa de cursos e ações sociais para crianças”. Recreador e contador de histórias com mais de 10 anos de experiência. Facilitador de jogos cooperativos e palestrante em universidades com temas voltados jogos e brincadeiras. Autor do livro “Bora Brincar: um convite à brincadeira” – All Print Editora.